segunda-feira, 29 de julho de 2013

Pussy

O que penso dizer às pessoas saudáveis e em boa idade para arranjar um trabalho que me vêm pedir moedinhas: 

"Vai trabalhar pá!" 

O que acabo por dizer: 

"Não vai dar, desculpe"

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Aspiração

Pode ter piorado e ter sido internado. Pode estar sem saldo e como trabalha muito, coitadinho, ainda não teve tempo de carregar o telefone. Pode ter deixado cair o telefone numa valeta e ter ficado sem números. Pode ter sido atropelado enquanto atravessava fora da passadeira e estar neste momento em coma. Pode ter sido raptado, e como é uma pessoa que não demonstra qualquer tipo de amor pelos outros, ninguém se ter dignado a pagar o resgate e ele estar neste momento morto.

Ou pode simplesmente estar-se a cagar.

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Trauma

Não sou de trazer problemas do local de trabalho para o blog (até porque a filha do chefe lê o blog, e só convém é falar bem), mas a verdade é que há uma coisa que me atormenta desde que aqui cheguei.

Eu não tenho um nome complicado. Não é difícil escrever Catarina, pois não? Compreendo que seja um pedacito longo para os mais preguiçosos, mas deixem-se de merdas, não é nada do outro mundo. 

Trabalho com malta de todas as partes do mundo, e raramente o meu nome vem bem escrito. Em 10 e-mails, 3 estão bem.. juro. Seguem-se alguns exemplos do que já me passou pelos olhos: 

Dear Catherine (NOT) 
Dear Catharina (NOT) 
Cataria (NÃO) 
Cararina (NÃO) 
Caterina (Também não) 
Dear Catina (NÃO)
Dear Caroline (Verídico) 
Dear Catatina (NÃO) 

Quando envio um e-mail para o meu colega Wojciech, confirmo 3 vezes se escrevi bem o nome. O mesmo faço com o meu colega Nikhil, com o meu colega Krzysztof, and so on. Porque é que não fazem o mesmo comigo? Sinto-me Bullyzada todos os dias. 

E depois há a puta da Siri, claro, que me chama Tipitina.

Upload @ 18:39 - Acabou de chegar um "Catari, seguem em anexo.........". A pessoa em questão cansou-se a meio e desistiu. 
Na verdade, quem sou eu para ter este tipo de traumas? Lá em casa desde sempre que quando é para ir para a mesa/banho/qualquer lado que implique gritar ouço sempre um           "Taaaaaaaaaaaarinaaaaaa vem prá mesa"

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Completamente Noutra #1

Fui ao office comprar elásticos. Escolhi-os com amor, paguei-os com imensa simpatia e ainda pedi o nº de contribuinte na factura. 

Recebi o troco, recebi o talão, guardei tudo, agradeci e vim-me embora. 

Os elásticos ficaram lá. 

sexta-feira, 19 de julho de 2013

É Só a Mim?

Acontece-me com bastante frequência:
  • Lembrar-me do nome de utilizador que escolhi para determinado serviço, mas não me lembrar da password;
  • Lembrar-me da password que escolhi para determinado serviço, mas não me lembrar do nome de utilizador;
  • Não me lembrar nem do nome de utilizador, nem da password que escolhi para determinado serviço;
  • Não me lembrar da resposta que dei à pergunta de segurança 
  • Perder meio dia a tentar entrar num serviço qualquer

quinta-feira, 18 de julho de 2013

As Pombinhas da Catrina

Mesmo sendo elas das criaturas mais odiosas e nojentas à face da terra, já dei por mim mais do que uma vez a reduzir a velocidade (chegando mesmo a travar num acto de loucura) ao ver uma pomba no meio da estrada que parecia mesmo que não se ia desviar.

Sou tão adorável e simpática.

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Não Nasci Para Isto

Torneiras com sensor: Não percebo o porquê da sua existência. Fazem-me sentir muito burra porque nunca atino com o sensor e acabo por perder o dobro do tempo a lavar as mãos. 

terça-feira, 16 de julho de 2013

Ui


Toda borradinha. Cheia de borboletas na barriga a fazerem corridas de um lado para o outro.

Meto Nojo?

Só para ser um bocadinho mete nojo, e partilhar que nos últimos três meses vi os concertos das minhas três bandas preferidas: The XX, MUSE e Kings Of Leon. Todos eles absolutamente fantásticos.

Ainda não acredito bem na sorte que tive em ter estas bandas em Portugal todas no mesmo ano.

Escusado será dizer que nos próximos três anos, não gasto dinheiro em concertos.

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Oh Mila

Ainda não eram 09:00 e o Netinho já bombava bem alto dentro do meu carro.

Só para verem a qualidade das minhas manhãs.

Alguém sabe o que é feito do Netinho?

segunda-feira, 8 de julho de 2013

A Zona das Chegadas

Acho que uma das zonas mais felizes de Portugal é a zona das chegadas do Aeroporto de Lisboa. 

Quando vou buscar o meu irmão mais velho, raramente me importo de lá ficar uns 20 ou 30 minutos (mais do que isso, já me faz revirar os olhos) a ver o ambiente. É delicioso ver as criancinhas a correr para abraçar o papá/mamã/tio/tia/avós. Ou ver as famílias e os amigos que se reencontram e desatam aos abraços, beijinhos e gritinhos. É giro ver homens com ramos de flores na mão, e o momento em os olhares das pessoas que se reencontram, se cruzam. Também gosto muito de ver os comissários de bordo e os pilotos giraços, ou então os estrangeiros que chegam em grupo, completamente desnorteados.   

Ali, quase toda a gente é feliz. Tirando os tipos manhosos das agências de viagem sempre em grupo e com os telemóveis na mão, claro.

Por estes motivos e muitos outros, acho que esta zona tem uma aura muito especial.

domingo, 7 de julho de 2013

Alguns Apontamentos

Alguns apontamentos sobre a Colour Run:


  1. A única altura em que corri, foi no final do dia, e foi para não perder o comboio; 
  2. Paguei €9 por uma sandes de leitão picante, umas batatas que sabiam a ranço e um Ice Tea demasiado doce e fiquei sem dinheiro para comer o que realmente queria: Um Churro.
  3. Realizei um dos meus maiores sonhos: Correr por entre um sistema de rega ligado, à noite, de braços abertos e a dar piruetas. 
A corrida em si, foi mesmo muito gira. 

sexta-feira, 5 de julho de 2013

A-DO-RO

Estou a adorar este verão mais frio dos últimos 200 anos que se está a fazer sentir na zona. Estou mesmo. 

Não pensem que este post é para me queixar. Não sou de me queixar de calor abrasador. Sempre fui uma pessoa muito caliente, portanto, adoro-o. Mas só o adoro porque não tenho de lidar muito com ele. A primeira coisa que faço quando chego ao escritório, é ligar o Ar Condicionado e a meio da manhã já está o meu patrão a perguntar se não quero ligar mais um, porque está muito calor. Como os meus dias são passados entre quatro paredes maravilhosas e fresquinhas, estou sempre em clima primavera.

Claro que quando saio para almoçar, desmaio mal entro no carro, mas fora isso, adoro estas noites quentes, adoro dormir sem lençol, adoro acordar cedo ao fim-de-semana para ir à praia, adoro passar o dia à beira da água, adoro ter de me ir molhar de 7 em 7 minutos. Adoro o verão, e espero sinceramente que em Agosto a coisa chegue aos 45ºC.

Também vou adorar imenso amanhã ir para a Colour Run, em Lisboa, as 17h30, com 42ºC. 

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Para Já

Coisas que eu gosto no meu carro novo: 

  1. O granda sistema de som que tem;
  2. O facto de o fecho automático para além de me fechar as portas, também me fechar os vidros
  3. É só. 
Não nos vamos esticar, o boguinhas ainda está muito presente. 

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Obrigada Deus

O inevitável aconteceu. 
Um dos dias mais temidos por mim desde que me sei gente, chegou. 

Sujei sem querer (EU JURO QUE FOI SEM QUERER) o sofá branco idolatrado pela minha mãe. Sujei-o e não reparei, daí ter dormido tão descansada na noite que passou. Por um lado, ainda bem que não reparei. Tenho a certeza que ao tentar limpar, iria fazer pior. 

Sei que Deus esteve do meu lado em todos os momentos. No momento em que a minha mãe não me bateu. No momento em que a minha mãe não me fez as malas e não me pôs fora de casa. No momento em que a minha mãe não me atirou com o ferro de engomar à cabeça. Agradeço a Deus ela ter descoberto somente hoje de manhã, e não ter podido gritar comigo. Primeiro porque eu tinha mesmo de sair de casa para vir trabalhar, e segundo, porque o meu irmão mais novo ainda estava a dormir. 

Sei que Deus não esteve do meu lado, porque se Deus estivesse estado do meu lado, ela não tinha descoberto a NÓDOA MINÚSCULA DE CHOCOLATE QUE ESTAVA POR ENTRE AS ALMOFADAS, MESMO NO CANTO DO SOFÁ. Ninguém, no seu perfeito juízo descobriria aquela merda. 

terça-feira, 2 de julho de 2013