quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Tudo Lá Dentro?

Chefe: "Catarina, isto é assim, tudo lá dentro?"

Catarina com sorriso maroto: "Sim, isso é tuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuddddddddd (pausa para recordar que estou a falar com o meu chefe, sorriso maroto a desaparecer, postura profissional novamente activada) Sim, é assim como está a fazer." 


Nota: Este episódio ocorreu junto à máquina do café, onde eu e o meu chefe estávamos em amena cavaqueira. Enquanto conversávamos o chefe estava a mudar a água à máquina. "Tudo lá dentro", eram os tubos. Dentro da máquina do café. Só para não haver mal-entendidos. 

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Das Compras de Natal

Na passada quinta-feira, enfiei-me no Shopping das 19h00 às 23h30 para tratar de TODAS as prendas de natal. Da minha maratona, eis o que reti:  
  1. Adorava não ficar mal vista se não oferecesse prendas de Natal. Infelizmente, a família reunida e a comida na mesa parecem não bastar.
  2. Há um boneco na Toys'r'us, cujo único acessório é uma tesoura para cortar as unhas das mãos e dos pés. O boneco tem luvas nas mãos, e meias nos pés, e não tem unhas nenhumas. O boneco é demasiado sinistro. 
  3. O Baby Born ainda bomba no mercado, e bomba bem caro. Todos sabemos que o Baby Born é o rei dos nenucos, não precisa é de custar € 60. 
  4. Há um boneco cuja única funcionalidade é dar patadas. E esta palavra não fui eu que arranjei, é exactamente o que diz na caixa: "Olha para mim, dou patadas" 
  5. Aqui, vocês chegam à conclusão de que eu passei demasiado tempo na zona dos nenucos. E eu confirmo, passei. 
  6. Encontrei o Jota, a Joana, a Sofia e a Margarida. E foi óptimo para fazer umas pequenas pausas de relaxamento cerebral. 
  7. Cheguei à Fnac e estava a dar o novo concerto dos MUSE num ecrã de 1500 polegadas. Tirei uns minutos para agradecer a Deus por esse momento e para realizar uma vez mais o quão perfeito, maravilhoso e o homem da minha vida é o baixista da banda. 
  8. A frase da noite, aconteceu na loja da Disney: "Que raio de loja é esta, que cobra 5 cêntimos por um saco de plástico para a prenda de uma criança?" A funcionária ainda tentou justificar, mas nem ela acreditava no que estava a dizer.
  9. Se forem à H&M e entregarem um saco de roupa usada, eles dão-vos um vale de €5. Das melhores iniciativas que já vi. Clap Clap Clap.  
  10. Ganhei o prémio máximo de uma raspadinha. Nunca o vou receber, mas ganhei-o. 
  11. Ainda há empregadas de loja muito simpáticas.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Karma #2

Para além destes karmas, hoje ocorreu-me mais um: 

Deixo sempre a lavagem do meu carro arrastar até ele estar mesmo muito nojentinho. Depois vou lavá-lo e escová-lo com muito amor e carinho, com as minhas próprias mãos, para ele entender bem que o amo. Pois que passado 2-3 dias de lavar o carro, cai sempre uma chuva demoníaca, que era suficiente para lhe tirar a sujidade toda se eu não o tivesse lavado. 

É. Aconteceu-me ontem. Tinha ido lavar o carro no sábado.   

Para além de ter chovido torrencialmente, os pássaros da árvore estavam claramente de caganeira. Chover depois disso para me limpar as cagadelas, é que está quieto ao preto. 

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Como É Que É?

Como é que vocês lidam com aquela parte do dia em que está a chover a potes, e vocês têm o guarda-chuva aberto e têm de fechar o guarda-chuva, arrumar o guarda-chuva, entrar no carro e fechar a porta? 

Lidam bem? Ou sou só eu que fico extremamente nervosa e molho tudo à minha volta? 


terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Não Mexo Mais

O que se encontra aqui no escritório enquanto se arrumam dossiers nos armários junto à secretária de uma antiga funcionária:


  • Creme depilatório 


Não quero mexer em mais nada.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Curiosidade


Tenho muita curiosidade em saber o que os meus leitores da Rússia e da Malásia acham do meu blog.

Também tenho curiosidade em saber como é que cá chegaram.

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

GTA

O Francisco estava a jogar GTA on-line com os amigos e diz:

"ó, o gajo está aqui. Vou dar-lhe um soco"

Ao que a minha mãe diz:

"Não tarda quem te dá um soco sou eu. Para ver se te calas." 

Eu?

Eu peguei nas minhas coisas e fugi para o quarto.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Não, Não Sou Um Robot

Esta é uma das partes preferidas do meu dia, quando ando a comentar blogs e tenho de provar que não sou um robot:


quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Não Mãe

Eu estava a almoçar e a minha mãe estava a arranjar o lanche dela. 

"Queres uma fatia de bolo para levares para o lanche?" - Pergunta-me ela 

"Não mãe. Agora sou uma pessoa saudável." 

Ela olha para as minhas mãos, olha para mim, continua a cortar a fatia para ela e não diz nada. 

Eu olho para mim, e lá estava eu a apertar o frasco da Mayonnaise para dentro do meu prato de massa com atum. 

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Viradinho para Cima

Segunda-Feira e o selo que me caiu ao chão ficou com a parte da cola virada para cima?

Pára tudo, vou jogar no Euromilhões quando sair.

sábado, 7 de dezembro de 2013

Fui Odiada

Há coisas que, por respeito ao próximo, não se fazem.

Uma delas é levar McDonalds para dentro de um autocarro que vai fazer uma viagem de duas horas até Amesterdão.

E o que é que eu fiz?

Isso. Exactamente isso.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Nunca Pensei

Nunca pensei que uma das coisas que tivesse de fazer às escondidas da minha mãe, fosse ir ao quarto dela em pezinhos de lã buscar o termómetro. 

Também nunca pensei ser tão burra. Esqueci-me dele hoje de manhã em cima da minha mesinha de cabeceira e fui catada. 

"ESTÁS DOENTE? TENS FEBRE? ESTÁS A MORRER? VAMOS AO MÉDICO! ÉS TÃO TEIMOSA!" 

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Até Já Bebés

Só queria deixar-vos beijos doces e quentes, pois durante 9 dias não estarei por cá. 

Por uns dias vou deixar de ser pelintra e vou conhecer um pouco do mundo. Garantidos estão 5 crepes com nutella por dia, vinho ao pequeno-almoço, congelar de frio (também podia congelar de calor, é um facto), space cakes e ser feliz. 

Prometo trazer-vos muitas fotos dos meus outfits e das minhas refeições, pois é isso que interessa nesta vida. Não tenho instagram, por isso não podem acompanhar nada por lá. 

Aproveitem estes dias para sentirem a minha falta, e para realizarem o quão importante sou na vossa vida. 

Se me odiarem, podem usar a caixa de comentários para me insultar. Não vou estar cá para me defender.  

Não vale a pena deixarem um "diverte-te", "passeia muito", "aproveita" .. pois não preciso que me digam o que fazer. Ah.. e também porque só vou ver tudo isso quando chegar, pois a esta hora, se não tiver desmaiado na descolagem do avião, já não estou na Tuga. 

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

É do C*ralho

Já todos vocês tiveram situações de pressão e nervosismo na vossa vida.

Mas as vossas situações não são nada, comparadas com a minha.

Só tinha dois cheques. Eram especiais, eram forrados a ouro e foram emitidos de propósito pelo banco para uma situação especifica. Tive de os preencher, sabendo desde o início, que se me enganasse a minha vida acabava.

É do caralho. A sério.

Adrenalina lá em cima.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Das Corridas #21

Coisas que me assustam constantemente nas minhas corridas diárias:

Caixotes do Lixo
Folhas

Não vamos falar mais sobre isto.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

No Autch For Me

Só queria dizer que já faço 60 abdominais sem dores no dia seguinte.

Continuo a sentir-me a rainha de Inglaterra.

Mas mais elegante.

E rio-me muito da antiga eu. Esta. 

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Questão #54

Sou a única que dou comida aos peixes e utiliza o motor de pesquisa do meu blog, não sou? 


(todos a realizar que o meu blog tem um motor de pesquisa agora) 

(vou só dizer mais uma vez motor de pesquisa) 

(motor de pesquisa) 

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Foi Estranho Para os Dois

No outro dia, ao sair do escritório o porteiro vira-se: 

"Olhe que está muito frio lá fora" 

Para não fugir a esta tradição, lá vou eu lançada a responder com um: 

" ahah não tem mal que eu souuu...." pausa mental para um pequeno pensamento de auto-disciplina e retomo o meu discurso com um "jaansdkdldmdajahamd ahah até amanhã" 

Foi estranho para os dois. Eu sei. 

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Hellou

O que é que leva alguém a meter um autocolante da Hello Kitty no carro? Aliás, o que é que leva alguém a colar um autocalente da Hello Kitty em tudo quanto é merda? 

É inconsciente, sempre que vejo um carro com um autocolante destes na traseira, mudo de faixa e reduzo a velocidade. 

É certo e sabido que a pessoa que lá vai dentro é louca da cabeça. 

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Tão Ingénuo

Eram 09:05 quando o meu patrão entra e me diz algo como:

"Catarina, isto estava torto. Já cá esteve hoje?" 

O meu patrão, a perguntar-me se tinha estado no escritório antes das 09:00?

Tão ingénuo!

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Sim, Claro

Ao telefone com a tipa do banco que odeio. Ela vira-se:

"Quando puderem, passem por cá para conhecerem o vosso gestor de conta." 

E eu : "Ele é que devia passar por aqui para nos conhecer, não acha?"

'Tou no gozo. Disse isto na minha cabeça. O que disse na realidade foi:

"Sim, claro" 

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Boas Refeições

Só vos queria dizer que hoje comi um iPhone inteirinho.

Vou deixar esta cena aqui a marinar, para vos fazer tripar um bocadinho da marmita.

Nota: Este post não foi escrito sob o efeito de álcool ou drogas. Comi mesmo um iPhone. Inteiro. Depois de almoço. 

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Vou Amar-te Para Sempre

Senti-me uma pessoa muito suja ontem. 

Fui ao mecânico logo pela fresca porque os vidros do meu carro, subitamente, deixaram de funcionar. 

Mal cheguei, dei de caras com o meu bebé. 
Senti-me uma traidora da pior espécie. Ali estava eu, antes das 09:00, com outro que não ele. 
Enquanto me tratavam do assunto do carro aproveitei para matar saudades. Não lhe tirei os olhos de cima e mandei-lhe uns beijos e uns olhares sedutores. Não fui é correspondida. 

Soube que já foi vendido, que levou uns travões e uma embraiagem nova, e que brevemente irá a rolar nas mãos de uma qualquer criança acabadinha de tirar a carta. 

Sei que não vai ser tão feliz como foi comigo. Sei que nunca mais serei a mesma, e sei, acima de tudo, que o meu boguinhas nunca me deixaria a morrer asfixiada dentro do carro por os vidros não funcionarem. O meu boguinhas não era um carro maricas como estes são agora. 

Já me obrigou a sair uma semana inteira pela porta do pendura, mas foi uma humilhação fácil de suportar. 

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Às Vezes Também Há Papéis

Coisas que as senhoras da limpeza encontram no meu caixote do lixo do escritório todas as semanas: 

. Copos de Café 
. Pacotes de Açúcar
. Embalagens de Chocolate 
. Papéis de Rebuçados 
. Frascos de Iogurte 
. Garrafas de Água 
. Guardanapos

E às vezes também encontram papéis. 

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Escolha a Opção Correcta

Da situação abaixo descrita, escolha a opção correcta:

Era uma vez um Jovem que se estava a exibir num descapotável:

a) O Jovem estava a exibir-se num descapotável em Alcabideche,
b) O Jovem estava a exibir-se num descapotável em Alcabideche e de gorro na cabeça
c) O Jovem estava a exibir-se num descapotável em Alcabideche, de gorro na cabeça e com camisola de alças
d) O Jovem estava a exibir-se num descapotável em Alcabideche, de gorro na cabeça, com uma camisola de alças e com calças de fato de treino
e) O Jovem que se estava a exibir um descapotável em Alcabideche é esquizofrénico e devia suicidar-se

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Da Felicidade

Após 2 meses de luta, passei o nível 94 do Candy Crush. 

Sinto-me muito feliz hoje. 

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Generosidade

Sempre que utilizo um clip numa carta ou em algo que vai para fora do escritório, penso: 

"Nunca mais vou ter este clip de volta."

Alguém faz o mesmo, ou serei a única forreta aqui? 

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

'Tou Louca

" Bom Dia, queria marcar XXXXXXXXXXXX para sábado por favor." 
" E a que horas deseja?" 
" Da parte da manhã, o mais cedo que tiver" 
" De manhã tenho às 9:30, pode ser?" 
" Sim, 9:30 está perfeito. Obrigada" 


9:30. Eu. A um sábado? 

'Tou louca. 

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Como? #1

Como é que se faz? Como é que se segue em frente e se ignora o facto de que perdemos mais uma batalha? Como é que se faz para que não doa, para que não nos deite ao chão, para que não percamos as forças?

Como é que se tiram os pensamentos da cabeça do que poderia ter sido, do que não  fizemos e do que poderíamos ter feito? Como é que se controlam as lágrimas e a dor no coração?

Como é que tiramos alguém de dentro de nós?

Como?

O Meu Tumblr

Para quem gosta da onda deste blog, pode tê-lo em versão imagens, aqui, no meu tumblr.

Já existe há muitos anos, pelo que terão horas infindáveis de scroll e gargalhadas.


Quem é amiguinha e já vos arranjou planos para o fim-de-semana chuvoso que se avizinha quem é?


EEEUU!

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

In Your Face Siso

A prova de que coisas boas acontecem a pessoas boas, é ter um dente do siso quase cá fora e não ter tido dores nenhumas.  

Claro que depois desta vanglorização toda, os outros vão-me doer horrores. 

terça-feira, 22 de outubro de 2013

O Que A Vida Me Ensinou

Com o passar dos anos, a vida ensina-nos muitas coisas. Faz-nos crescer, faz-nos aprender, faz-nos cometer erros para aprendermos com eles e tentarmos não os repetir. Por vezes a vida leva-nos por caminhos que à primeira vista podem parecer não fazer sentido ou podem parecer não ser os melhores, mas no final, vemos que era mesmo ali que tínhamos de estar, independentemente do que passamos para lá chegar. 

A mim, a vida ensinou-me a nunca mais entrar na banheira sem me agarrar ao parapeito da janela. 

Desde o dia em que o tapete da banheira não estava bem preso e eu me esbardalhei toda, tive um mini ataque cardíaco e bati com o cotovelo na pedra de mármore ficando quase inválida durante 3 dias, nunca mais entrei na banheira da mesma forma. 

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Não Cresças

No outro dia entrei na cozinha de manhã e a minha mãe presenteou-me com um: 

"Que cara. Não dormiste bem?" (muita bom começar o dia com este shot de auto-estima)

Ao que eu respondo: "Não.. acordei várias vezes durante a noite" 

Quando chego ao escritório, o meu chefe diz-me: 

"O que tem um hoje Catarina? Está com um ar cansado" (cá está ele, outro shot de auto-estima) 

Ao que respondo "Não dormi muito bem esta noite" 

O que eles não sabem é que eu dormi muita bem. Estive foi até as 2:00 da manhã a jogar um jogo ridículo no telemóvel em que sou dona de um café e tenho de atender clientes que não param de chegar. 

Não cresças Ana Catarina. Não cresças.  

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Conta

Eu sabia que este dia ia chegar. 

O dia em que alguém aqui no escritório se ia enganar num e-mail e em vez de escrever "conta", escreveria "cona". 

Essa pessoa não fui eu. 

Agora só me resta reclinar-me para trás na cadeira, e aguardar a chegada do "Caro Dr. João Caralho" 


quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Ceeeeerto

Raramente ando de elevador. Não gosto. 

Aqui no trabalho, quando preciso de ir à cave, tenho mesmo de o utilizar. 

Hoje reparei numa placa dentro do elevador que dizia: "Data limite para inspecção periódica: 03/10/2010"

Certo. 

Alguém vai deixar de ir à cave. 

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Fico Possessa

Deixa-me possessa estar a escrever uma ideia maravilhosa num documento, com as palavras certas e à velocidade que o pensamento vem, e olhar para o ecrã e estar tudo em Caps Lock porque me esqueci de o desligar. 

Fico ainda mais possessa quando num acto de raiva apago tudo, e da segunda vez que começo a escrever não corre bem como da primeira. 

Mais possessa fico, quando me apercebo que não era necessário ter apagado tudo. Podia ter escrito à frente do Caps Lock e não perdia a ideia. 

É. Aconteceu-me agora mesmo. 

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Ódio

Sou muito simpática e educada e boa profissional e para cima de espectacular. É por isso que TODOS os meus e-mails para pessoas de fora começam com: Caro Dr. XxXxXx ou Caro Sr. XxXxXx e independentemente de gostar das pessoas ou não. 

Um sinal de que odeio alguém, foi ter começado um e-mail para o tipo que nos faz a gestão da conta da Vodafone assim: "Sr. XxXxXx" 

Isto sim é ódio meus senhores. Muito ódio. 

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Acho que Não Tem Problema

Não sei quanto a vocês, mas normalmente quando estou a conduzir e ouço aquele "IIIIIIIIIIIIIIIIIIIOOOOOOOOOOOUUUUUUUUUUUUUUUUUUUNNNNNNNNNNNNNN" (como é que não perceberam que isto era o barulho de uma ambulância?) o que se passa na minha cabeça e na minha vida, é isto: 

1. Enquanto olho para todas as direcções e me esqueço que tenho vida à minha volta e que estou a conduzir: penso "Oh Foda-se, de onde é que ela vem?" 
2. (só aplicável se vier atrás de nós): Penso: "Oh Foda-se, vem mesmo para aqui. E agora, o que é que eu faço?" 
Neste momento, todos os carros à minha volta estão a pensar exactamente o mesmo. E o que é que todos nós pensamos?  

  • Acho que não tem problema se subir este passeio de três metros; 
  • Acho que não tem problema se virar aqui para a esquerda sem olhar e sem fazer o pisca; 
  • Acho que não tem problema se virar aqui para a a direita sem olhar e sem fazer pisca
  • Acho que não tem problema se parar o carro aqui no meio da estrada com os quatro piscas
  • Acho que não tem problema se parar o carro no meio desta rotunda 
  • Acho que não tem problema subir esta rotunda
  • Acho que não tem problema andar um pouco em sentido contrário 

And so on. 


sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Se Eu Fosse


No outro dia tinha este recado no vidro do meu carro quando saí para a hora de almoço. 
O meu primeiro pensamento foi: "Filhos da Mãe, já me bateram no carro!" 
Mas não, o carro não tinha nenhum risco ou amolgadela. Guardei o bilhete, e segui com a minha vida. 

Se eu não fosse uma comum mortal, pensava que me tinham posto uma bomba no carro.
Se eu pertencesse ao clube das chaves, agarrava neste papel e ia à morada que lá vem escrita. Tenho a certeza de que isso me iria levar numa aventura inesquecível, resolvia um homicídio, mandava prender um bandido, encontrava uma fortuna escondida, e tornava-me uma heroína nacional. 
Se eu fosse a Madre Teresa de Calcutá, primeiro, ainda estava viva e segundo ia a casa desta pessoa e ia ensiná-lo a escrever como deve ser, e quem sabe, fazer-lhe uma sopinha. 
Se eu fosse maluca dos cornos, ia pelo meu pé a esta morada, tocava à porta e ficava lá um pouco a ter pena da pessoa. Mas só um dia. 
Se eu fosse a minha mãe, nunca mais deixava o carro no mesmo sítio, nunca mais ia trabalhar, e nunca mais existia. 

Como sou espectacular, limitei-me a pesquisar a rua no Google Maps, verifiquei que é atrás da rua onde trabalho, e interiorizei que há cada vez mais malucos neste mundo. 

No entanto, se deixar de vir aqui escrever, ou deixar de vos responder a mensagens e atender telefonemas, dêem um saltinho a esta morada. Provavelmente estou lá, na cave, a ser cortada aos bocados. 

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Até Sempre

Era isto que me motivava nas minhas corridas de final de tarde. Um cartaz estrategicamente colocado na linha de partida do sítio onde corro.


Eram estes senhores que dia sim, dia não, me davam força para a corrida. Dei nomes a alguns e imaginava-os sempre a dizer "Vamos, tu consegues. Estamos todos a torcer por ti". Faziam-me largar um sorriso e continuar de coração cheio. 

Ontem o cartaz já não estava lá. Ontem a corrida foi difícil. Ontem senti-me sozinha e vazia. Não sei se consigo continuar. 

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

'Tão Mãe?

A minha mãe perguntou-me com um ar muito preocupado: "Não te importas de comer pizza amanhã ao almoço?" 

Vindo de uma pessoa que lida comigo diariamente há 24 anos, e sabendo que até ao pequeno almoço como pizza, não entendo esta preocupação. 

Andou a snifar coca, só pode! 

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Três Coisas

Vou contar-vos três coisas aleatórias sobre mim, só porque me apetece:

  1. Uma das minhas grandes paixões são vernizes e sinto-me muito mal se não tenho as unhas pintadas. No entanto, nunca na minha vida fui a uma manicura. 
  2. Nunca escrevo Setemebro à primeira (viram??)
  3. Não gosto de leite branco

Agora gostava que fizessem o mesmo. 
Prometo que não sai da caixa de comentários. 
Quem se chega à frente? 

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Eu Não

A sensação que tenho cada vez que vejo uma operação stop ao longe, é a mesma que tinha nas aulas de matemática quando a prof estava a escolher alguém para ir ao quadro: 

"por favor, eu não, eu não, eu não, eu não, eu não" 

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Priceless

"Aquela apresentação para os porcos está feita não está?" - Pergunta o meu chefe. 


Podia deixar isto assim a marinar para vocês pensarem que ele é má pessoa e insulta os outros. Mas os porcos são os nossos clientes, uma empresa que faz criação de porcos. 

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Sou Uma Pessoa Muito Quente

O que digo aos meus amigos quando me perguntam se não tenho frio: 
"Não, sou uma pessoa muito quente" 

O que não devo dizer a ninguém, excepto aos meus amigos, quando me perguntam se não tenho frio: 
" Não, sou uma pessoa muito quente" 

O que disse ao nosso gestor de conta quando me perguntou se não tinha frio: 
"Não, sou uma pessoa muito quente"  

Não sejam como eu, e por favor, pensem um pouco antes de falar. 

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

A P*ta da Película

Ao fim de 24 anos de vida, este dia tinha mesmo de chegar. Incertar um pacote de película aderente e dar-lhe o devido uso, pode ser dos maiores desafios da história da humanidade. Para mim, pelo menos, foi. Quando o pacote já está aberto e é só desenrolar a película, a coisa corre mais ou menos bem (claro que se cola sempre ao verniz das minhas unhas, enrola-se um bocadinho na ponta, pega-se a ela própria, etc e tal, mas tudo bem, com isso posso eu bem), agora, incertar o pacote, desenrolar o primeiro pedaço na perfeição, não é para mim. Entrei a pés juntos e a película rasgou-se toda mal e eu perdi uns 20 minutos da minha vida a tentar embrulhar um prato de pizza. 

Ao fim de 5 minutos já estava a suar e já tinha desperdiçado metade da embalagem. Passados 10 minutos já tinha película à volta do pescoço, nos braços, nas unhas e no cabelo. Começaram a cair-me lágrimas de raiva e soltei palavrões. Vocês podiam defender-me e dizer-me que a culpa era da película, que era de má qualidade e que eu era mesmo boa naquilo e em tudo o resto. Eu também pensei isso, mas a verdade é que a minha mãe ao ver o meu estado de desespero pegou naquela merda e disse: "dá cá isso que eu faço" 

Tirou a quantidade ideal de película à primeira, e embrulhou-a de forma perfeita no meu prato de pizza. 

Eu saí da cozinha e fui chorar para o escuro. 

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Sexta-Feira 13 é Quando o Homem Quiser

Só estou acordada há 1:30 e já: 

  1. Meti o pé todinho numa poça mal saí de casa
  2. Ia sendo atropelada por um autocarro 
  3. Abri a porta do escritório e caiu um quadro 
  4. O pacote de açúcar escorregou-me da mão e a embalagem caiu toda dentro do café
Estou ansiosa pelo resto do dia

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

És Cá dos Meus

Já estou naquele nível de relação com o porteiro do edifício onde trabalho, em que ele quando me vem entregar a correspondência toca à campainha e se esconde atrás da planta gigante que temos ao pé da porta de forma a que eu não o veja. 

Gosto.

domingo, 22 de setembro de 2013

sábado, 21 de setembro de 2013

Hoje É Em Casa do Patrão

Hoje tenho uma festa em casa do meu patrão, e tenho algumas notas mentais que gostaria de fazer a mim mesma:

  1. Não beber ou olhar para qualquer tipo de bebida alcoólica;  

É só. Se cumprir com o exposto acima, a festa correrá bem. 

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Quem É Que Está Mal Aqui?

Eu, que ainda ando de havaianas (não são nada havaianas, são chinelos da primark que me custaram € 1.25) e de sandálias rasas e de saltos, 

ou elas, que já andam de botas?

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Pergunto-me

Como é que se sentem os trabalhadores da EMEL e da Cascais Próxima, cuja função é só a de foder a vida aos outros?

Na verdade, a função deles passa única e exclusivamente por fiscalizar, nada mais.No entanto pergunto-me como lidam com os olhares de ódio. Com as palavras menos bonitas. Pergunto-me se andarão na rua de cabeça erguida, ou com os olhos postos no chão. Pergunto-me como é que estás pessoas dormem à noite. Pergunto-me se alguma vez esboçaram um sorriso no local de trabalho. Com que disposição saem eles de casa, sabendo à partida que vão tornar o dia de alguém menos bom.

Já me disseram que ganham consoante as multas e os bloqueios ou reboques que façam. Se isso for verdade, todas as minhas questões têm resposta.

Alguém quer fazer uma dissertação sobre este assunto? 

PS: Juro que este post não é fruto de nenhuma multa recente.

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Autch

Ontem fiz 30 abdominais e senti-me a rainha de Inglaterra.

Hoje doi-me a barriga e só quero morrer.

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Afonso

Lembro-me muito bem do dia em que soube que vinhas ao mundo. Estava a trabalhar e o teu pai ligou-me. Saí do escritório e fui atender a chamada na casa de banho. Ele contou-me que a mamã estava grávida, e eu fiquei radiante. Soube naquele instante dentro de mim que ia sair um rapaz. O teu pai e a tua mãe queriam que fosse uma rapariga, mas bolas, quem manda aqui somos nós, por isso saíste mesmo foi um rapaz. Nunca vou deixar que te vistam como uma miúda, prometo.

Nasceste no dia 24 de Agosto, nos primeiros minutos do dia. Adivinho umas óptimas festas de anos na casa com piscina onde um dia vais morar. Sim, vais ter uma casa com piscina Afonsinho. Sabes porque é que eu sei isto? Porque os teus pais trabalham como uns cães, e a vida vai encarregar-se de lhes dar aquilo que eles merecem. A tua mãe sempre trabalhou grávida, e faltavam uns dias para tu nasceres e lá andava ela em pé a ajudar o teu pai na cozinha. A tua mãe faz qualquer coisa, e empenha-se ao máximo em tudo aquilo que faz. O teu pai é um lutador, e nunca baixa os braços. Por isso sei, que a casa grande com piscina (um dos grandes sonhos deles) não vai faltar para receber as tuas festas de anos.

Bom, estava eu a dizer.. o teu pai ligou-me uns minutos depois de nasceres, e no dia seguinte vesti a minha saia mais bonita, e fui ver-te. Não vesti a saia mais bonita para ti, confesso. Vesti para o caso de haver um enfermeiro gostoso no hospital. És um bebé perfeito. És um bebé perfeito e lindo. Quando te peguei ao colo, não consegui tirar os olhos de ti. De repente deixei de ouvir o que se passava à minha volta e o mundo foi só nosso durante uns minutos. Vou guardar esse momento para sempre, bem dentro de mim. 

Há uns dias recebi a notícia que os teus pais me tinham escolhido para ser tua madrinha. Acho que ainda não interiorizei bem, sabes? Eu, tua madrinha. Um dia quando fores mais velho e me conheceres bem, vais rir-te disto, tenho a certeza.

Sabes Afonso, vais ter de levar comigo até ao fim dos nossos dias, quer tu queiras quer não. Se o mundo não dependesse do dinheiro, prometia já aqui dar-te o mundo. Como infelizmente dependemos do dinheiro para quase tudo nesta vida, só te posso prometer dar-te tudo aquilo que o dinheiro não pode comprar. Prometo dar-te todo o meu amor, toda a minha paciência, toda a minha compreensão e todas as minhas palavras. Prometo idas ao parque para jogar à bola. Idas à praia para fazer castelos. Chocolates e gomas às escondidas dos pais. Prometo ler-te histórias, dançarmos e rirmos muito. Prometo estar sempre do teu lado e prometo trazer-te sempre no meu coração, onde quer que vá e onde quer que esteja. Há as promessas que saem da nossa boca e se perdem no tempo. Esta será eterna.

Espero que gostes de mim. Não sou perfeita, mas para ti vou ser a minha melhor versão.

domingo, 15 de setembro de 2013

Incomoda-te o Nelson?

Comecei a ouvir o álbum do Nelson Freitas no Spotify e logo depois da primeira música salta o anúncio em que ela diz: " se não queres partilhar com os teus amigos o que estás a ouvir, utiliza a ferramenta private session blablablabla e torna os teus pequenos prazeres privados" 

Foi alguma indirecta menina do Spotify? Incomoda-te o Nelson? 

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Porquê Ciclista? Porquê?

Porque é que o Ciclista se tem um passeio, circula na estrada?
Porque é que o Ciclista, se tem uma Ciclovia mesmo ao lado, circula na estrada? 
Porque é que o Ciclista pensa que é um carro e circula no meio da estrada?

Se o ciclista sabe que não anda à mesma velocidade que um carro, e se sabe que perturba o trânsito, porque é que o ciclista insiste em andar na estrada?

Os ciclistas sempre me irritaram, desculpem.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Sabe Como Deve Tomar Trifene 200?

Só existem duas hipóteses possíveis que justifiquem o facto de me encontrar à porta de uma farmácia minutos antes da sua abertura: 

A primeira é ter-me aparecido o período, eu estar a morrer de dores e não ter comprimidos para tomar. A segunda é ter-me aparecido o período, eu estar a morrer de dores e não ter comprimidos para tomar. 

Assim que a porta se abriu, entrei disparada na farmácia para arrancar a primeira senha, e lancei um olhar fulminante e desesperado à farmacêutica encarregue de tocar na campainha para chamar a senha Nº1.Que, como é óbvio, era eu.

"Bom Dia, é uma embalagem de trifene 200 por favor" - digo eu com um ar desesperado, doente, tresloucado e despenteado mas mantendo sempre a boa educação que me caracteriza.

Ela lá faz o que tem a fazer, volta e pergunta: "Sabe como deve tomar trifene 200?" 

Olhando para a minha cara, das duas três: ou estava a apetecer-lhe levar com o expositor do creme para os pés nas trombas ou então o meu ar era tão desesperado que teve medo que eu tomasse a caixa inteira de uma vez. 

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Deus Existe

Encontrei umas calças 34 e não vou ter de lhes fazer a bainha.

Tenho a certeza absoluta que foi a primeira e a última vez que isto me aconteceu.

E juro que não estava na secção de criança.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Das Decisões Importantes

Sítios onde tomo algumas das maiores decisões da minha vida: 

  1. A pôr a mesa
  2. A tomar banho
  3. A lavar a loiça 
E vocês? 

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Completamente Noutra #2

Levantar o tampo da sanita, e não o do cesto da roupa suja, para lá meter a minha roupa. 

(o fim desta história deixo à vossa imaginação)

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Aflitinha

É muito difícil aqui na empresa falar com um certo banco cujo nome não deve ser pronunciado (só para não perderem assim de repente todos os clientes que têm, uma vez que, como toda a gente sabe, eu sou uma pessoa muito influente) e sempre que preciso de tratar de alguma coisa, tenho mesmo de arrastar os ossos até ao balcão, porque 15 e-mails e 34 chamadas não são suficientes. 

Depois de 13 tentativas de contacto telefónico, enviei um e-mail a dizer para me ligarem com urgência nunca na expectativa que me ligassem. 

Recebi um toque do banco no nosso telefone fixo mas depois, eles desligaram. Quem manda aqui são claramente eles. Dão um toque, e desligam. É este o conceito deles de proximidade com o cliente. 

Já lá vão 15 minutos e não ligaram de volta. O propósito de todo este post é dizer que estou aflita para mijar, e não me posso mexer da secretária. Não me posso dar ao luxo de perder esta batalha.


4 Minutos

Como fazer com que uma rapariga se arranje em 4 minutos? 

Digam-lhe que ela acordou à hora a que devia ter chegado ao escritório, e vão ver se não mete um vestido, umas sandálias, lava a cara e os dentes em 4 minutos.

Tem é de ter o meu cabelo. Se tem um cabelo normal ainda vai ter de se pentear. 

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

NÃO

Não Outlook. Não vais levar a melhor. Não vou, nunca na minha vida substituir "facto" por "fato", "factura" por "fatura" ou "extracto" por "extrato"

Tenho a minha dignidade e os meus valores e o teu sublinhado vermelho a estragar-me os e-mails, não me vão demover. 

NUNCA!

Dia 0

É assim que mais uma vez fecho o meu coração a sete, dez, quinze chaves para que ninguém, nunca mais, consiga lá entrar.

Assim como?

Um dia conto. 

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Calma Meu Puto

Mãe à mesa: "Só dá vontade de pegar num balde cheio de gelo para lhe atirar à cara a ver se perde a vontade de rir."

Saí da mesa a correr e fechei-me no quarto a chorar de medo. O Francisco também. 




quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Agora Sim Estou Segura

O meu ar seguro e confiante ao meter a toalha por cima do saco de praia quando vou ao banho, a pensar que isso o protege de alguém que o queira assaltar, mata-me.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Eu Sabia Que Este Dia Ia Chegar

Recebi um e-mail a pedir uma foto minha para colocarem no website da nossa rede internacional. Estou a pensar enviar esta:


O que acham? 

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Foi Por Aqui Que Andei








Em Edral, um pequeno paraíso no norte de Portugal. Sempre regados por bom vinho caseiro, boa comida, boas conversas e muito pouca actividade para descansar os ossos e a tola. E com dois dos melhores amigos do mundo.

As fotos são todas do Luís e sem efeitos/filtros/merdas.


segunda-feira, 29 de julho de 2013

Pussy

O que penso dizer às pessoas saudáveis e em boa idade para arranjar um trabalho que me vêm pedir moedinhas: 

"Vai trabalhar pá!" 

O que acabo por dizer: 

"Não vai dar, desculpe"

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Aspiração

Pode ter piorado e ter sido internado. Pode estar sem saldo e como trabalha muito, coitadinho, ainda não teve tempo de carregar o telefone. Pode ter deixado cair o telefone numa valeta e ter ficado sem números. Pode ter sido atropelado enquanto atravessava fora da passadeira e estar neste momento em coma. Pode ter sido raptado, e como é uma pessoa que não demonstra qualquer tipo de amor pelos outros, ninguém se ter dignado a pagar o resgate e ele estar neste momento morto.

Ou pode simplesmente estar-se a cagar.

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Trauma

Não sou de trazer problemas do local de trabalho para o blog (até porque a filha do chefe lê o blog, e só convém é falar bem), mas a verdade é que há uma coisa que me atormenta desde que aqui cheguei.

Eu não tenho um nome complicado. Não é difícil escrever Catarina, pois não? Compreendo que seja um pedacito longo para os mais preguiçosos, mas deixem-se de merdas, não é nada do outro mundo. 

Trabalho com malta de todas as partes do mundo, e raramente o meu nome vem bem escrito. Em 10 e-mails, 3 estão bem.. juro. Seguem-se alguns exemplos do que já me passou pelos olhos: 

Dear Catherine (NOT) 
Dear Catharina (NOT) 
Cataria (NÃO) 
Cararina (NÃO) 
Caterina (Também não) 
Dear Catina (NÃO)
Dear Caroline (Verídico) 
Dear Catatina (NÃO) 

Quando envio um e-mail para o meu colega Wojciech, confirmo 3 vezes se escrevi bem o nome. O mesmo faço com o meu colega Nikhil, com o meu colega Krzysztof, and so on. Porque é que não fazem o mesmo comigo? Sinto-me Bullyzada todos os dias. 

E depois há a puta da Siri, claro, que me chama Tipitina.

Upload @ 18:39 - Acabou de chegar um "Catari, seguem em anexo.........". A pessoa em questão cansou-se a meio e desistiu. 
Na verdade, quem sou eu para ter este tipo de traumas? Lá em casa desde sempre que quando é para ir para a mesa/banho/qualquer lado que implique gritar ouço sempre um           "Taaaaaaaaaaaarinaaaaaa vem prá mesa"

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Completamente Noutra #1

Fui ao office comprar elásticos. Escolhi-os com amor, paguei-os com imensa simpatia e ainda pedi o nº de contribuinte na factura. 

Recebi o troco, recebi o talão, guardei tudo, agradeci e vim-me embora. 

Os elásticos ficaram lá. 

sexta-feira, 19 de julho de 2013

É Só a Mim?

Acontece-me com bastante frequência:
  • Lembrar-me do nome de utilizador que escolhi para determinado serviço, mas não me lembrar da password;
  • Lembrar-me da password que escolhi para determinado serviço, mas não me lembrar do nome de utilizador;
  • Não me lembrar nem do nome de utilizador, nem da password que escolhi para determinado serviço;
  • Não me lembrar da resposta que dei à pergunta de segurança 
  • Perder meio dia a tentar entrar num serviço qualquer

quinta-feira, 18 de julho de 2013

As Pombinhas da Catrina

Mesmo sendo elas das criaturas mais odiosas e nojentas à face da terra, já dei por mim mais do que uma vez a reduzir a velocidade (chegando mesmo a travar num acto de loucura) ao ver uma pomba no meio da estrada que parecia mesmo que não se ia desviar.

Sou tão adorável e simpática.

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Não Nasci Para Isto

Torneiras com sensor: Não percebo o porquê da sua existência. Fazem-me sentir muito burra porque nunca atino com o sensor e acabo por perder o dobro do tempo a lavar as mãos. 

terça-feira, 16 de julho de 2013

Ui


Toda borradinha. Cheia de borboletas na barriga a fazerem corridas de um lado para o outro.

Meto Nojo?

Só para ser um bocadinho mete nojo, e partilhar que nos últimos três meses vi os concertos das minhas três bandas preferidas: The XX, MUSE e Kings Of Leon. Todos eles absolutamente fantásticos.

Ainda não acredito bem na sorte que tive em ter estas bandas em Portugal todas no mesmo ano.

Escusado será dizer que nos próximos três anos, não gasto dinheiro em concertos.

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Oh Mila

Ainda não eram 09:00 e o Netinho já bombava bem alto dentro do meu carro.

Só para verem a qualidade das minhas manhãs.

Alguém sabe o que é feito do Netinho?

segunda-feira, 8 de julho de 2013

A Zona das Chegadas

Acho que uma das zonas mais felizes de Portugal é a zona das chegadas do Aeroporto de Lisboa. 

Quando vou buscar o meu irmão mais velho, raramente me importo de lá ficar uns 20 ou 30 minutos (mais do que isso, já me faz revirar os olhos) a ver o ambiente. É delicioso ver as criancinhas a correr para abraçar o papá/mamã/tio/tia/avós. Ou ver as famílias e os amigos que se reencontram e desatam aos abraços, beijinhos e gritinhos. É giro ver homens com ramos de flores na mão, e o momento em os olhares das pessoas que se reencontram, se cruzam. Também gosto muito de ver os comissários de bordo e os pilotos giraços, ou então os estrangeiros que chegam em grupo, completamente desnorteados.   

Ali, quase toda a gente é feliz. Tirando os tipos manhosos das agências de viagem sempre em grupo e com os telemóveis na mão, claro.

Por estes motivos e muitos outros, acho que esta zona tem uma aura muito especial.

domingo, 7 de julho de 2013

Alguns Apontamentos

Alguns apontamentos sobre a Colour Run:


  1. A única altura em que corri, foi no final do dia, e foi para não perder o comboio; 
  2. Paguei €9 por uma sandes de leitão picante, umas batatas que sabiam a ranço e um Ice Tea demasiado doce e fiquei sem dinheiro para comer o que realmente queria: Um Churro.
  3. Realizei um dos meus maiores sonhos: Correr por entre um sistema de rega ligado, à noite, de braços abertos e a dar piruetas. 
A corrida em si, foi mesmo muito gira. 

sexta-feira, 5 de julho de 2013

A-DO-RO

Estou a adorar este verão mais frio dos últimos 200 anos que se está a fazer sentir na zona. Estou mesmo. 

Não pensem que este post é para me queixar. Não sou de me queixar de calor abrasador. Sempre fui uma pessoa muito caliente, portanto, adoro-o. Mas só o adoro porque não tenho de lidar muito com ele. A primeira coisa que faço quando chego ao escritório, é ligar o Ar Condicionado e a meio da manhã já está o meu patrão a perguntar se não quero ligar mais um, porque está muito calor. Como os meus dias são passados entre quatro paredes maravilhosas e fresquinhas, estou sempre em clima primavera.

Claro que quando saio para almoçar, desmaio mal entro no carro, mas fora isso, adoro estas noites quentes, adoro dormir sem lençol, adoro acordar cedo ao fim-de-semana para ir à praia, adoro passar o dia à beira da água, adoro ter de me ir molhar de 7 em 7 minutos. Adoro o verão, e espero sinceramente que em Agosto a coisa chegue aos 45ºC.

Também vou adorar imenso amanhã ir para a Colour Run, em Lisboa, as 17h30, com 42ºC. 

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Para Já

Coisas que eu gosto no meu carro novo: 

  1. O granda sistema de som que tem;
  2. O facto de o fecho automático para além de me fechar as portas, também me fechar os vidros
  3. É só. 
Não nos vamos esticar, o boguinhas ainda está muito presente. 

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Obrigada Deus

O inevitável aconteceu. 
Um dos dias mais temidos por mim desde que me sei gente, chegou. 

Sujei sem querer (EU JURO QUE FOI SEM QUERER) o sofá branco idolatrado pela minha mãe. Sujei-o e não reparei, daí ter dormido tão descansada na noite que passou. Por um lado, ainda bem que não reparei. Tenho a certeza que ao tentar limpar, iria fazer pior. 

Sei que Deus esteve do meu lado em todos os momentos. No momento em que a minha mãe não me bateu. No momento em que a minha mãe não me fez as malas e não me pôs fora de casa. No momento em que a minha mãe não me atirou com o ferro de engomar à cabeça. Agradeço a Deus ela ter descoberto somente hoje de manhã, e não ter podido gritar comigo. Primeiro porque eu tinha mesmo de sair de casa para vir trabalhar, e segundo, porque o meu irmão mais novo ainda estava a dormir. 

Sei que Deus não esteve do meu lado, porque se Deus estivesse estado do meu lado, ela não tinha descoberto a NÓDOA MINÚSCULA DE CHOCOLATE QUE ESTAVA POR ENTRE AS ALMOFADAS, MESMO NO CANTO DO SOFÁ. Ninguém, no seu perfeito juízo descobriria aquela merda. 

terça-feira, 2 de julho de 2013