sexta-feira, 11 de março de 2016

Expressões Populares Portuguesas - Farinha Amparo

Hoje trago-vos a farinha amparo, essa grande maluca! 

Quem não sabe quem é a farinha amparo, que ponha o dedo no ar....Upa, tanto dedinho esticado! Não se aflijam, eu também não sabia até ter ido pesquisar sobre ela. E claro que já estão os nerds da turma a abanar a cabeça. 

A Farinha Amparo era uma farinha bastante comercializada na década de 70 e 80 e que acabou por se tornar mais popular pelo seu conteúdo e pelas expressões que originou, do que pelo sabor e a utilidade em si. 




Nunca vos ocorreu que esta farinha pudesse trazer brindes dentro pois não? Claro que não. 

Muito ao bolo-rei style, a verdade é que esta Farinha trazia sempre qualquer coisa lá dentro, para além de farinha (granda piada). Dizem as más linguas que os brindes variavam entre jogadores e cartões de futebol, índios e cowboys, cães, ursos, etc. e que há mesmo alguns deles à venda no Coisas. 

A expressão "saiu-te a carta na farinha amparo", vem exactamente daí. Acho sinceramente que as marcas podiam pegar por aqui e começar a sortear cartas de condução. Não dava um jeitaço sair-vos uma carta de condução numa embalagem de Chocapic? É claaaaaaaro que dava.. já não se fazem génios do marketing como antigamente.

Mais complexa é a origem da expressão "trigo limpo, farinha amparo". A explicação é tão bem dada por este blog, e a Professora hoje está tão cansada, que vos vai meter a ler a explicação de outra pessoa, em vez da minha: 

"A frase propriamente dita terá nascido de um slogan de um anúncio comercial radiofónico! Uma vez que a farinha é feita de trigo e que sai sempre um brinde, é tão simples como "trigo limpo, farinha amparo".

Acho esta origem da expressão ligeiramente aborrecida, mas é o que temos. Também não acho a equipa de marketing da estação radiofónica lá grande coisa, Mas pronto, são opiniões. 

Para terminar, que a aula de hoje já vai longa, confesso-vos que nunca utilizei nenhuma das expressões, mas gostava de ter cabedal para isso. Talvez um dia. 

Sedentos por mais explicações? Há outras aqui!

16 comentários:

  1. Eu já tinha ouvido falar da Farinha Amparo, mas não a frase que surgiu daí. Conhecia-a por ser o pequeno almoço de alguns no antigamente, mas não faço ideia qual o sabor disso. Se bem que adoro uma semelhante e possivelmente do mesmo tempo, a Farinha 33 - coisa que os meus irmãos comiam aqui em casa quando era mais pequenina. O packaging é assim nesta onda antiga, e infelizmente não encontro em lado nenhum a não ser numa pequena mercearia perto de onde vivo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. também nunca ouvi falar da Farinha 33 :O serei uma ave rara de outro planeta? Se gostas dessa, e só haver precisamente ao pé de tua casa, é uma sorte dos diabos!

      Eliminar
    2. True story! E em resposta ao teu comentário, ponho apenas o creme em certas zonas do rosto. Nunca espalhei pela cara toda, aplico só nas zonas mais "marcadas". :)

      Eliminar
    3. Obrigada :) comprei hoje o creme, se me resolver o problema das marcas da cara, fico-te eternamente grata!

      Eliminar
  2. Tenho a dizer que comi bastante :) Coisas de gaja antiga :))

    ResponderEliminar
  3. Nunca achei muita piada a essa expressão... E a explicação também não é nada de especial! :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu só gosto da da carta de condução, a outra já caiu em desuso!

      Eliminar
  4. Isto são lembranças de quem nasce no final da década de 70 e posso dizer que eu não sou antiga por conhecer isso... sou vintage :)

    ResponderEliminar
  5. Exacto, vintage, super mas super...in.

    Bom, farinha Amparo: nunca comi, conhecia, assim como a saudosa 33 (um tio meu comia aquilo como se fosse Cerelac ou Nestum) e quanto às cartas de condução...pesquisa por Detergente JUÁ.

    Não, não ofereciam cartas de condução, mas davam brindes (como a farinha Amparo) e como tal a expressão usada tal como "saiu-te a carta no JUÁ" era muito usada...pronto, se calhar só lá em casa...

    ResponderEliminar
  6. Ah então daí a expressão! Realmente soa melhor do que "saiu-te a carta no bolo rei".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahaha pagava para te ver a dizer isso no meio da 2ª circular em hora de ponta!

      Eliminar
  7. desde pequena que ouço falar dessa farinha, e muitas vezes ouvi a expressão da carta de condução ter saído na farinha Amparo! ahahah
    preciosidades portuguesas :)

    beijinhos
    18 and a life ♡

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tens mais sorte que eu, que nunca tinha ouvido falar da dita :O

      Eliminar

O teu comentário é muito importante para mim :) Clica em "Notificar-me" para receberes a minha resposta.

Ao comentares ficas automaticamente inscrito no sorteio de um fantástico automóvel.